Menu

Surto pandémico COVID-19

Estimados Clientes, Colaboradores e Amigos:

Face ao atual surto pandémico de COVID-19 e no seguimento dos inúmeros contactos que temos recebido nas últimas semanas para eventual fornecimento de artigos de prevenção e deteção de sintomas, cabe-nos esclarecer o seguinte:

A CADUCEUS tem desenvolvido todos os esforços no sentido de poder continuar a fazer face aos pedidos, contudo, no presente, há uma rotura universal de stocks em dispositivos como máscaras (de todos os tipos), desinfetantes de mãos e superfícies, luvas descartáveis, termómetros sem contacto, entre outros.

Todos os nossos fornecedores habituais estão sem matéria prima para produzir ou mesmo embalar (no caso dos desinfetantes) os seus produtos e não se prevê soluções antes de abril (na melhor das hipóteses).

Temos estado a trabalhar com fornecedores alternativos que ainda vão produzindo algum material, mas os preços sobem de forma estrondosa a cada dia. Temos de resto recusado trabalhar com outros que, tendo produtos para fornecer, estão no momento a praticar preços que consideramos absurdos e pensamos que não é esse o caminho…

Assim, pedimos a V/ melhor compreensão para o facto de nos encontrarmos a honrar os pedidos por ordem de chegada e à medida que vamos conseguindo repor algum stock, se necessário, em envios parcelares.

Pelos mesmos motivos, nenhuma encomenda pode ser considerada sem o respetivo pagamento integral no ato da adjudicação.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Quanto à Formação, continuamos de momento a ministrá-la, mas sempre de acordo com as novas regras de segurança desenvolvidas na passada semana pelo INEM para as Entidades Formadoras Acreditadas, minimizando assim os riscos de contágio.

Já estabelecemos um Plano de Contingência Interno que contempla, caso necessário, manter a Empresa a laborar de forma remota, de modo a podermos continuar a servir os nossos Clientes.

E, claro, vamo-nos mantendo permanentemente atentos ao desenrolar da situação, para que possamos em tempo real ir-nos ajustando aos diversos cenários possíveis e sempre em função das recomendações da DGS, INEM e demais Autoridades Sanitárias.

Agradecemos a V/ compreensão e desejamos que, em conjunto, possamos ultrapassar este momento de forma segura e eficaz.

Sintra, 11 de março de 2020

O Coordenador,

José Galvão

(Especialista em Riscos e Proteção Civil)