Menu

Formadores

Os nossos Formadores são criteriosamente seleccionados de acordo com o seu perfil técnico-pedagógico e pela sua motivação por esta área formativa. Contamos no momento com uma excelente equipa transdisciplinar (médicos, enfermeiros, outros técnicos superiores de educação e saúde, entre muitas outras especialidades), garantindo assim, poder seleccionar o agente certo para cada uma das solicitações do mercado.

Enquanto 'Escola INEM', contamos com colaboradores acreditados e/ou certificados por aquele Instituto, garantindo assim uma uniformização de metodologias, critérios e conteúdos programáticos. 

 

CANDIDATURAS

É com imenso prazer que temos recebido inúmeras candidaturas de Formadores que se propoem colaborar connosco. Infelizmente não nos é possível responder a todas (pelo facto pedimos desculpa) mas, porque algumas não se enquadram nas actividades que desenvolvemos ou os perfis não são os que procuramos, deixamos aqui algumas sugestões para que futuros interessados possam verificar a sua elegibilidade e preparar adequadamente a sua candidatura.

PERFIL DOS CANDIDADOS A FORMADOR NO ÂMBITO DO PRIMEIRO SOCORRO / EMERGÊNCIA PRÉ-HOSPITALAR

Habilitações Académicas / Técnicas: Preferencialmente ao nível de Licenciatura em área relevante (medicina, enfermagem, psicologia clínica, ...). No entanto eventuais candidatos com outros graus de habilitação académica (ao nível do 12º ano ou equivalente), poderão ser considerados, na condição de possuirem simultaneamente habilitações técnicas igualmente relevantes (i.e. Curso de TAS ou equivalente, ministrado por entidade idónea e com classificação igual ou superior a 17 valores).

Habilitações Pedagógicas: Os candidatos devem obrigatoriamente ser titulares de CAP ou CCP válido, emitido pelo IEFP.

Outras Habilitações: Os candidatos que pretendam ministrar cursos sob a égide do INEM (SBV, DAE, TAT, TAS, ...), deverão ainda ser titulares de Certificado de Formador INEM ou CPR. Esta habilitação decorre da frequência com aproveiramento do Laboratório para Formadores do nível correspondente, seguido de um mínimo de 2 estágios (tirocínios) acompanhados por Formadores Sénior. Os Laboratórios são sempre ministrados por representantes do INEM (DFEM), podendo no entanto decorrer nas nossas instalações. Neste caso, a prioridade das candidaturas será sempre dada a colaboradores actualmente em exercício ou a potenciais candidatos que reunam o perfil para tal. Os Formandos deverão suportar os custos da formação cobrados pelo INEM, dado tratar-se de acções de valorização pessoal e profissional. A segunda fase (tirocínios) será da responsabilidade da Caduceus e não tem custos associados.

Experiência Formativa: Valorizamos naturalmente a experiência na área. No entanto consideraremos igualmente candidatos que, ainda não tendo muita experiência, denotem evidente motivação e vocação para o exercício das funções. Estes deverão contudo encontrar-se disponíveis para a realização de estágios em número indeterminado, acompanhados por Formadores Sénior, até que estejam por estes considerados devidamente preparados para o exercício autónomo.

Disponibilidade: Podendo ser oriundos de qualquer ponto do país, os candidatos deverão ter disponibilidade para se deslocarem às nossas instalações (Sintra) sempre que tal for exigível para o exercício da actividade (entrevistas, reuniões, formação, etc.). Para tal, é recomendável possuirem meios próprios de locomoção (viatura).

Documentação a anexar às candidaturas (a enviar por mail (geral@caduceus.pt), preferencialmente em pdf, à atenção da Direcção Pedagógica):

  • Curriculum Vitae resumido (máximo 6 páginas), com especial enfoque na experência formativa (se existente), preferencialmente redigido em formato Europass e obrigatoriamente com foto;*
  • Copia de CAP ou CCP válido;*
  • Cópia de Certificado de Laboratório para Formadores INEM ou CPR, se aplicável (fundamental para candidaturas de Formadores SBV, SBV-D, TAT, TAS, SIV, SAV, ...)
  • Comprovativo das habilitações académicas (certificado de habilitações, ...);*
  • Cópia de Cédula Profissional (apenas nos casos aplicáveis: médicos, enfermeiros, ...);*
  • Cópia de todos os comprovativos das habilitações técnicas (dentro da validade), que considere relevantes para a candidatura (TAS, TAT, SBV-D, ...), quando aplicável;*
  • Cópia de apólice de seguro de acidentes pessoais que abranja a actividade formativa (sendo obrigatório, poderá ser entregue numa segunda fase).

ATENÇÃO:  Todos os documentos assinalados com * são fundamentais para análise e eventual consideração da candidatura, pelo que devem obrigatoriamente acompanhar a mesma em anexo (formato PDF).